CORUJA DE OURO - Mauricio Salgueiro


Memória descritiva do projeto apresentado para a concorrência de um Troféu, para premiar os melhores do cinema nacional, organizada pelo INC (Instituto Nacional do Cinema), com o tema “CORUJA” – Símbolo do Cinema Brasileiro


A “CORUJA”, símbolo do cinema brasileiro, foi proposta como tema do TROFÉU a ser entregue anualmente aos melhores de cada especialidade: desenvolver sua forma dando-lhe condições visuais que permitam associá-la ao que se propões – um troféu para cinema – foi o problema por nós armado.

Presença de movimento, ação de objetivas e outros elementos cinematográficos foram observados, analisados e interpretados para orientarem a forma que iria definir os espaços ritmicamente organizados em positivos e negativos.

O material OURO foi experimentado e explorado em todos os seus recursos; sendo um metal com notáveis possibilidades de polimento, serviu de base aos estudos de movimento, pesquisado na sua textura, quer no corpo, quer nos olhos, estes realizados em círculos concêntricos e que, sob a variação dos raios luminosos incidentes, fazem girar seus elementos estruturais definidos em uma coroa circular. Consideramos também a tradição do OURO como símbolo da vitória.

Equacionando todos estes elementos relativos aos princípios da comunicação da imagem do cinema, procurou-se sempre orientá-los em soluções que, acima de tudo, estivessem dirigidas para ser um “TROFÉU” com todas as suas características e personalidade.

Mauricio Salgueiro, 1969