CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL


MAURICIO SALGUEIRO


I


O objetivo que presidiu a concepção do TROFÉU COPA BRASIL para o Campeonato Brasileiro de Futebol foi o de exaltar, não só o vencedor, mas o torneio como um todo.

Um campeonato pressupõe equipes. Cada uma das equipes potencialmente dispõe das características que a habilitam a disputa do título máximo. Esta situação levou-nos a adoção da mesma forma – ESFERAS. E a ESFERA (BOLA) é, sem dúvida, uma das formas mais significativas da prática do futebol.

No processo criativo deste TROFÉU a presença da esfera esta associada, em termos construtivos, a evolução de uma retícula espacial que, na sua organização geral, compõem a imagem da TAÇA, forma tradicionalmente ligada a premiações esportivas. O conjunto HASTES/ESFERAS delimita o campo gráfico onde esta imagem da TAÇA se desenha.

Ao longo do campeonato, evidenciam-se as condições das equipes mais aptas ao título de campeã. Este desempenho é assinalado através do progressivo aumento do volume das esferas, reservando-se ao vencedor o núcleo da proposta, única esfera de OURO e de maior volume.

Entretanto, o êxito de um campeonato não reside apenas na consagração do vencedor, mas também nas diversas contribuições emprestadas pelos times ao torneio. Procuramos enfatizar este aspecto conservando no contexto do TROFÉU esta participação, atendo-nos ao princípio de que na prática esportiva o importante é competir.

II


O CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL possui características que o distingue de qualquer outro; por isso procuramos uma solução que fixasse igualmente:

    a) O enorme prestígio do futebol e a difusão deste esporte no espaço físico brasileiro, este representando no espaço criado pela proposta;



    b) Apesar de sua universalidade, as particularidades da prática do futebol no Brasil sugeriram-nos um Troféu de características próprias;



    c) O planejamento do próprio campeonato, a organização do elenco dos times em grupos e chaves, as disputas sucessivas que conduzirão a consagração da equipe vencedora, a relação das equipes entre si;



    d) A nossa época – de desenvolvimento, da conquista do átomo, da industrialização, da seriação e multiplicação, do computador, das programações;



    e) Os códigos e as leis que regem o futebol, as táticas e estratégias empregadas que frequentemente determinarão a conquista do Troféu pelo time mais apto.